BIBLIOTECA DO LREC

A biblioteca do LREC foi criada em 1991, data em que este organismo iniciou a sua atividade, sendo especializada na área da engenharia civil e ciências afins. Tem por finalidade apoiar a nível bibliográfico os seus técnicos nos estudos de investigação científica e de desenvolvimento tecnológico, no âmbito das suas atividades.

Além de satisfazer as necessidades de informação dos seus utilizadores internos, a Biblioteca está também aberta a todo o público que manifeste interesse pela sua temática, nomeadamente estudantes universitários, investigadores, docentes, engenheiros e arquitetos de empresas públicas e privadas, entre outros.


Fundo Bibliográfico e Documental

O fundo bibliográfico e documental da biblioteca do LREC está organizado por centros de interesse e encontra-se em livre acesso. É constituído por documentação especializada, (monografias, publicações periódicas, documentos normativos e audiovisuais), incidindo, substancialmente, sobre áreas técnicas e científicas ligadas à engenharia civil, e outras, nomeadamente estruturas, edifícios, vias de comunicação, materiais de construção, geotecnia, fundações, hidráulica, energias renováveis, recursos naturais e ambiente, metrologia, qualidade, entre outras áreas.

A biblioteca possui um volume aproximado de dois mil e seiscentas monografias, cerca de cento e setenta títulos de publicações periódicas e mil e oitocentas normas.
As monografias incluem algumas obras de referência: dicionários, enciclopédias de construção arquitetura e engenharia; relatórios, informações técnicas e científicas; congressos; encontros; seminários; teses de mestrado e de doutoramento, entre outras obras. As publicações periódicas são essencialmente especializadas.



Biblioteca online

Representações sociais, relações intergrupos e identidades profissionais dos psicólogos

Luís Soczka

O presente trabalho visa analisar as relações entre as práticas profissionais dos psicólogos, de acordo com as respectivas áreas de especialidade, e as suas representações da Psicologia.
Foram estudados 50 psicólogos (...)

Modelos numéricos da superfície do terreno

João Manuel Casaca, Maria João O. Barros Henriques

Neste trabalho são apresentadas algumas considerações sobre modelos numéricos de superfície do terreno, suas aplicações e utilização por organizações de pequena e média dimensão.

Nota sobre escorregamentos de encostas

José Folque

Tomando por base alguns artigos publicados na revista da Academia de Ciências da Arménia, faz-se um comentário crítico das propostas de Ter-Stepanian relativas a problemas de escorregamentos de encostas.